Publicada em: 10 de março de 2016

Aprenda o vocabulário do Freio de Ouro

Conheça os principais termos usados pela comunidade crioulista

aprenda o vocabulario foto everton souza

O mundo do cavalo Crioulo é único e cheio de peculiaridades. Até a forma de falar tem seus termos especiais. Você conhece todas essas “gírias”? Confira abaixo os principais termos usados entre os crioulistas!

Afixo: sigla ou nome, antes ou depois do nome do cavalo, que identifica a cabanha ou o criador do animal

Andadura: tipo de andar do animal. Tranco, trote ou galope

Aporreado: cavalo que não aceitou a doma

Baio: cavalo de pêlo amarelo

Bayard-Sarmento: movimento composto de giros de 180 graus sobre o corpo e esbarradas que compõem a sétima etapa das provas do Freio de Ouro. O nome é uma homenagem aos idealizadores da prova

Box: número de inscrição do animal nas provas do Freio de Ouro, estabelecido por ordem cronológica. Exemplo: o box número 1 é o do animal mais jovem no certame

Caborteiro: cavalo de manuseio difícil, insubmisso

Colorado: cavalo de pelagem castanha clara, quase avermelhada

Esbarrada: movimento da terceira e da sétima etapas das provas do Freio de Ouro, que consiste em fazer o animal frear depois de uma breve corrida, apoiando-se nos posteriores

Figura: segunda etapa da Prova do Freio de Ouro, em que o animal contorna fardos de fenos distribuídos pela raia

Funcionalidade: habilidade funcional do cavalo para a execução das provas

Galope: andadura veloz em que o cavalo se utiliza de apenas dois apoios

Gateado: cavalo de pêlo amarelado mais escuro que o do baio, da cor do pêlo do leão

Ginete: cavaleiro

Giro sobre patas: movimento da terceira e da sétima etapas das provas do Freio de Ouro em que o animal gira 360 graus sobre o próprio corpo, apoiado em um dos posteriores, que atua como a ponta seca de um compasso

Mangueira: curral

Morfologia: conformação física do cavalo

Mouro: cavalo de pêlo negro com infiltração de branco

Pechar: arremeter com o peito do cavalo sobre o novilho. Do espanhol el pecho, peito

Picaço: cavalo de pêlo negro com mancha branca na testa e três extremidades em tom branco

Redomão: cavalo jovem, entre o potro xucro e o cavalo já domado

Rosilho: cavalo de pelagem escura com infiltração de tons claros

Sestroso: cavalo que manifesta medo ou repulsa por algo

Tordilho: cavalo de pelagem branca

Tostado: cavalo com crina e cola de tonalidade acobreada e pêlo castanho-escuro queimado

Tranco: primeira andadura, antes do trote, em que o cavalo caminha com três apoios

Trote: andadura saltada, que vem imediatamente após o tranco, quando o cavalo se utiliza de apenas dois apoios

Zaino: cavalo de pelagem castanho-escura, de cor imediatamente anterior ao preto

Foto: Everton Souza